SOLUÇÕES - RECOLOCAÇÃO PROFISSIONAL

Leia Mais


Recolocação no Mercado de Trabalho

A prática da recolocação no mercado, foi criada como ferramenta estruturada, desde o início da globalização na década de 80, quando as empresas iniciaram as “reengenharias”, ou seja, houve processos de desligamentos em massa em todo território nacional, pois as empresas tiveram que se adequar a realidade mundial para sobreviver, com isso, iniciaram os processos de melhorias dos processos, cortes de custos, incluindo o corte de pessoal.

Como os profissionais na época, tinham a prática de ficar durante décadas ou até se aposentar no primeiro emprego, as profissionais ficaram completamente perdidos, sem ter um direcionamento do que e como fazer para procurar emprego. Nesta época, profissionais da área desenvolveram uma metodologia para orientar as pessoas em como elaborar currículos, como se comportar durante os processos seletivos e em como buscar oportunidades, além de oferecer apoio emocional pontual, também conhecido como “Outplacement”.

Com o tempo, esta prática vem se aprimorando, hoje por exemplo, temos consultorias que se especializaram em ajudar e apoiar o profissional nas recolocações, elaborando e encaminhando o currículo para as empresas, buscam as vagas no mercado e indicam profissionais para vagas confidenciais, quanto maior a complexidade da função, maior é o custo cobrado sobre estes serviços.

Outra forma de se utilizar desta ferramenta, é quando o profissional esta descontente na atividade atual e pretende buscar outras alternativas no mercado, de forma sigilosa, sem correr riscos de desligar-se da empresa, pois quando se busca uma atividade profissional empregado, no momento da negociação este profissional é valorizado.

Considerando o momento atual no país, tenho algumas considerações com relação a este tipo de trabalho, o momento de demissão e desemprego, principalmente quando se estende além das possibilidades financeiras, tenho visto dificuldade de recolocação que ultrapassam o tempo de 2 anos, observa-se que muitos destes profissionais entram num quadro depressivo e de baixa autoestima. O stress instalado na família, acaba por piorar ainda mais.

A proposta oferecida pelo mercado hoje mostra-se ultrapassada, o que dificilmente trará desempenho adequado durante as entrevistas de emprego, impactando na dificuldade potencializada na recolocação do mercado.

Estes profissionais, por não poder mais investir em reuniões, visitas, reuniões sociais acabam por se afastar da sociedade, criando assim um quadro mais grave, atrapalhando sua performance nas entrevistas e gerando dificuldades inclusive familiares.

Como não sabemos quando o mercado deverá reagir este ciclo acaba virando uma “bola de neve”, gerando cada vez mais problemas e dificuldades para estes profissionais, os quais muitos deles são qualificados e capacitados, em seu histórico profissional tiveram alto índice de aplicabilidade e entrega.

Muitos destes profissionais encontram-se em situações lastimáveis, sem muitas vezes, esperança na retomada de suas atividades profissionais tradicionais, pois em muitos casos, a estrutura das empresas não tem mais espaço e o contrato de trabalho tradicional não atende mais para uma classe da população que apresenta “alto nível salarial” e “idade avançada”, segundo estas premissas instalados, tendo como base regras e políticas trabalhistas que acabam ingessando novas propostas de trabalho.

Diante deste quadro, estes profissionais ficam paralizados para buscar diferentes e criativas soluções.

Considerando que, estes profissionais precisam retomar a prática profissional e tendo a ciência de que precisam muito mais do que a formatação e encaminhamento de currículos, e dicas de como se comportar nas entrevistas, desenvolvi ferramentas que apresenta como meta atuar nos pontos básicos como auxiliar e apoiar os profissionais com o intuito de compreender e administrar seu equilíbro emocional, aumentar sua autoestima, desenvolver e manter relacionamentos, para se ter sucesso e atingir sua meta profissional, assim como, harmonia familiar.

Projetos de intervenção:

  • Coaching em Grupo – Recolocação
    • Objetivo: Resgatar a carreira profissional através dos devidos encaminhamentos, considerando cenário atual nacional e pessoal, tendo como foco maior expectativa de sucesso.
    • Tenha mais informações no site: http://www.viverh.com.br/workshop/29

  • Grupo de Apoio – Profissionais em Processo de Recolocação
    • Objetivo: Assessorar regularmente através de discussões e apoio, resgatando equilíbrio emocional, desenvolvimento e manutenção em rede social (networking), com o intuito de maximizar e potencializar sucesso na recolocação no mercado de trabalho.
    • Tenha mais informações no site: http://www.viverh.com.br/workshop/30

 

Coach Márcia Lopes – Diretora Viverh

Blogcarreira.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *